Tag Archives: Add some music in your life

So, I guess this means we can’t be friends

14 nov

I wanna pick you up, I don’t care what time,
I wanna drive real fast to some place in town;
Wanna stress you out;
Wanna make things hard;
Wanna take your hand;
Wanna leave this bar;
Wanna wake you up on a driving train,
That’s led it’s tracks down inside my brain.

I wanna hear your band;
I wanna give it advice;
I wanna meet your girlfriend, she sounds nice;
Wanna take you home;
Wanna feel my age;
Wanna freak you out on a different stage;
I wanna show my teeth;
Wanna keep you fed;
Wanna get you drunk and let it go to your head.

So, I guess this means we can’t be friends.

I wanna be unique;
I wanna be your kind;
Wanna make you hate me then change your mind;
Wanna wear a skirt;
I wanna make mistakes;
I wanna kill you first then take your name;
Wanna tear you apart;
Wanna make your bed;
I wanna break your heart;
I wanna break your head.

So, I guess this means we can’t be friends.
Yeah, I guess this means we can’t be friends.
yeah, I guess this means we can’t be friends.

O dia em que vi u2 ao vivo.

23 maio

Não consegui pensar em um título melhor, mas vamos lá , veremos se vou conseguir transferir para uma cyber folha de papel tudo que penso e senti na noite em que eu classifico ter assistido sem dúvida ao melhor show da minha vida, na verdade foi a melhor coisa que já assisti sendo show ou não, me refiro a filmes,situações,livros,series,aulas,foi sinceramente uma das coisas mais completas que já vi em toda a vida, por ser uma mistura de coisas que amo.

Música pra mim não é só música, se ela tem uma boa melodia e bons solos de guitarra a gente delira e aquilo preenxe aquela parte da sua alma que se encanta por bons sons,que se encanta pela cultura musical,pelos detalhes fonográficos e pelo artista.

Mas a diferença dessa banda é que como poucas que já vi ela me encanta pela melodia absurdamente criativa ,os acordes tão originais e únicos e tão bem colocados que em 15 anos escutando nunca me fizeram enjoar, e aqui que entra o diferencial, a letra me inspira, me confronta, me faz pensar, me analizar, me faz orar, lembrar, me arrepender, enxergar certas coisas.

As composições que a banda se presta a fazer são coisas da vida diária, algumas alusões a pessoas,situações históricas, puxam pautas políticas, falam de  fé, cristianismo, relacionamentos … e uma série de coisas que agregam valores e nos fazem pensar…

Muito ao contrario do que encontramos em todas as outras bandas ao redor do mundo todo, que cantam da podridão da humanidade e nada mais .

Então quem disse que o rock não pode fazer bem ao nosso espírito,a nossa mente e ao nosso ovido?  Até então isso não era possivel… se existisse não estouravam por não ter a sonoridade e qualidade adequadas..Pois hoje eu digo que existe e que eu saiba só tem uma banda que faz tudo isso, como eu disse é completa, não deixa nada a desejar em nenhum aspecto então sem mais delongas e babações de ovo vamos a tentativa de resenha da grande noite.

Depois de milhões de horas de espera de tudo, de fila, de chuva, de fome, de frio, de estresse, de bandas de abertura que sempre me irritam por tomarem nosso tempo da banda oficial tocar(mas que me supreendeu bastante porque se estivesse com ânimo ou tivesse comido algum doce talvez até teria apreciado melhor mas a pressa  e a anciedade de começar logo o que eu tinha ido fazer ali não me deixou)

Que começam os jogos, a abertura foi com com algo que mais tarde descobri ser do David Bowie, que eu considero meio que uma espécie de Cazuza com elementos eletrônicos, mas enfim , como a músiquinha meio que casava com a proposta do show de ets,naves e etc então a gente nem pode reclamar muito até porque depois, lá do arco da velha desenterraram Even better than the real thing .. do  Achtung Baby, 1991 que eu não esperava ter a chance de ver agora, em um show de pleno 2011.

que desde então sofreu várias mudanças, graças ao bom Deus, até virar a maravilha que é hoje.

Axo que pra celebrar de onde tudo começou lascaram uma “Out of control” que é  lá do primeirinho,   Boy, 1980 porque até então antes de baixar o Dvd 360º eu nem lembrava e nem sabia da existência de tão velha…

E depois uma das que calaram minha boca de sempre afirmar que tô sempre preferindo as velhas e quase nunca me encanto com as músicas dos albuns recentes dos artistas que eu gosto, mais uma vez, u2 é a excessão , No line on the Horizon, 2009  , tem umas 5 que me piram o cabeção e essa merece um vídeo : Get on your boots.

  YOU DON’T KNOW…. YOU DON’T GET IT DO YOU? =)

Logo depois veio uma que eu acredito que toda igreja deveria tocar , sem deboche, pra mim é uma música de adoração descarada, como dizem ser feitas as músicas para se adorar a Deus mas que nada adoram, ficam de abobrinha emocional , MAGNIFICENT.

Depois “Mysterious ways”  do Achtung Baby, 1991 também, que não tenho nenhum carinho especial além da vontade de requebrar com a guitarra edgeana…

E outra que dispensa apresentação e qualquer comentário se faz desnescessário mas comento mesmo assim porque maybe you can educate my mind ^^

E a tão polêmica “Untill the end of the world”  pra quem lembra da confusão que deu nas discussões sobre os costumes da época de jesus, se  os beijos que trocavam eram na boca ou não, pela questão de ele ter feito a letra em cima da história da traição de judas a jesus  e que na época acharam ultra desrespeitoso Bono presumir que eram na boca porque até então ninguém tinha colocado essa questão assim tão em pauta..

E outras duas seguidas muito biblicas também…

Essa vou aproveitar pra jogar esse vídeo maraaaaaaavilhoso sobre esclerose multipla que fizeram em cima dessa música.

Depois veio “Miss Sarajevo” que tem uma belíssima história mas que não é uma das preferidinhas do meu coração não sei porque, mas paro pra escutar Bono fazendo  dueto consigo mesmo porque dá licença, despensa qualquer Pavarotti meu amor.

E depois do canto lírico entraram com “Zooropa” que nem sei o que dizer e que nem me lembro muito bem o que achei o que estava fazendo na hora que tocaram… ou seja, não faria falta a ninguém,deveria ter ficado de fora… Porque eu não sou fã cega.. não aplaudo todas as escolhas de setlist e axo tudo apropriado não.. Acho que pra uma banda grande de 3 décadas de existência como essa que passa uma vez em 5 anos (e olhe lá) pela America Latina deve tomar alguns cuidados na escolha do setlist pra não matar ninguém do coração e também não fazer feio, exemplo, se tivesse começado a Turnê 360 pelo Brasil passariam raiva porque eu mesma ficaria louca da vida com a porção de novidades de um cd que ainda nem me prestei a ouvir simplemente pq não xegou no meu país ainda… Não tô falando que é só pra tocar clássico não.. nem que a gente mora na selva e não rola de botar as novidades pra fora aqui, mas que faltou muita coisa faltou… faltou metade…. faltou “How to Dismantle” horrore, faltou “All that you can leave behind” demais que deu até vontade de chorar, faltou “Rattle and Hum” faltou Desire ,bullet the blue, all i want is you, faltou 40, faltou grace ,new years day , when i look at the world, Stuck in a Moment , miracle drug, sweetest thing, faltou original of species, e kite, e in a little while e wild honey  .. algo mais?? Pois é, faltoue faltou  sim e houveram algumas que não fizeram mesmooo falta mas enfim, continuemos.

Ai uma sequência que dói meu coração  e me fez muito mas muito feliz, por isso sem muita falação até porque já está se tornando o maior post do mundo, vai ai uma atrás da outra Yey!!! Essa primeira se tocar no meu casamento se eu vier a ter pode estar certo que tiro o pé do chão…de vestido e tudo…

Finalmente uma com uma tradução descente e digna dela.

Terminando com a ultrapassada “Ultraviolet” mas  que só melhorou nessa versão

Finalizando com

E a absurda “Moment of surrender” que é da sesção das novas e levou meu restinho de voz, e completou a noite de alegria depois de estar na base de praticamente  um mês dormindo com ela tocando no som a noite toda.. …

Ela duas vezes , a primeira com a tradução que não fez tanto juz e logo depois a minha propria.. que foi a umica filmagem que ” fiz”. Muito infelizmente não tenho fotos nem videos desse show justamente por ter ido com a cabeça de curtir o show sem perder um segundo filmando e tirando foto e caçando bons ãngulos , e como já era de se esperar arrependi amargamente porque hoje pra lembrar só tenho a minha memória fraca que já está se apagando, as minhas sensações quando escuto determinada música e lembro do que senti la e minhas 4 fotos miseráveis, desfocadas e sem nexo com meu videosinho de moment of surrender….. Da viagem não me arrependi de nada ou quase nada , faria tudo de novo, mesmo com o quesito finanças em destroços, mãssss que  tiraria mais umas fotinhos de tudo, do telão mais absurdo que já vi na vida e na Tv  também , do palco, de toda parafernália inpecavel  nas 2 horas que foram umas das mais divertidas da minha vida, do que sem mentiram intitularam de “O maior espetáculo da terra”,  e teria me sacudido menos porque não tenho mais 18 então na semana seguinte o corpo sentiu =)

Enfim, vai entender porque escutar músicas pessoalmente ,ao vivo que a gente gosta e esta acostumado a escutar em casa por anos causa esse tipo de reação em nós. Eu não sei mas realmente é uma das coisas que mais me divertem na vida.. as vezes não vale a pena como alguns que já fui mas tem outro que ficam pra guardar pra sempre e sentir alívio de ter ido e saudade!

Meus bjs e cumprimentos ao U2, a segunda melhor banda da terra!!!

:**********

MEU MOMENT OF SURRENDER, CARAMBA!!

Paula sabe

18 dez

Vagabundando…

15 set

Não que eu saiba quem diabos é Professor Green e que eu devesse passar a tarde no youtube com provas na semana que vem. ^^

Slim Shad!

15 set

Sempre fiquei na espera pra ver se a criaturinha abriria uma concessão algum dia pra fazer parceria com alguma mulher, talvez uma Alanis da vida ..até porque os dois são melodramáticos disfarçando na revolta.

Mas nãoooo , ele dentre todas as pessoas bacanas que poderia ter rolado escolhe a tosca das toscas .. e RIRI ao invéz de maneirar ainda me aparece com esse cabelo e essa roupa que ninguém explica.

Eu como fã nível médio, quis xingar de burro, mas já que o ladrão carregou meu celular com os mp3 nem reclamo quando toca na rádio do meu mais “novo” tijolão da Tim.

Zooey

17 jul

My poker face!

16 maio

Conversando no telefone surgiu o papo sobre Michael W. Smith…. sim… aquela criatura shu insuportavel que se entregou as extravagancias e esqueceu da música inteligente que costumava fazer… é , ele nem sempre foi assim… tem gente que concorda comigo.

Essa ai por exemplo me remete e um milhão de acontecimentos e a minha adolescência conturbada porem feliz e cheia de fé, não só em Deus mas nas outras pessoas também…A música é pop até falar chega e a letra ele traça um paralelosinho entre a pessoa que ele era, cheia de fé e certezas e isso tudo que ele perdeu pro ceticismo e pro cinismo e que anda a procura de quem ele foi…. no caso por isso o nome “Missing Person” ..  por causa da procura por ele mesmo como se estivesse estampado nas caixas de leite.

Enfim…. todo mundo se identifica de um jeito ou de outro….Segue abaixo a letra e link pra quem lembra dar uma reboladinha e ficar nostálgico…Bjsmeliga!

MISSING PERSON – MICHAEL W. SMITH

Another question in me
Outra questão me acomente
One for the powers that be
Um dos poderes que poderiam ser
 It's got me thrown and so
Tem me impelido então
I Put on my poker face
Visto minha cara de poker
 And try to figure it out
E tento entender
 This undeniable doubt
Essa duvida inegavel
A common occurrence
Comum e corriqueira
 Feeling so out of place
Me sinto tão fora de lugar
 Guarded and cynical now
Intocavel e cinico agora
 Can't help but wondering how
Não posso evitar de pensar como
 My heart evolved into a
Meu coração se tornou
 Rock beating inside of me
Uma rocha batendo dentro de mim
 So I reel, such a stoic ordeal
Então me enovelo no calvário estoico
 Where's that feeling that I don't feel?
Onde está aquele sentimento que já não sinto mais?

Coro:
There was a boy who had the faith to move a mountain
Havia um garoto com fé para remoer uma montanha
 And like a child he would believe without a reason
E como uma criança ele sempre acreditava sem nenhuma razão
 Without a trace he disappeared into the void and
Sem um aviso ele desapareceu na imensidão
 I've been searching for that missing person
Eu tenho procurado por essa pessoa desaparecida 

Under a lavender moon
Debaixo do luar
 So many thoughts consume me
Tantos pensamentos me consomem
 Who dimmed that glowing light
Que inebriado por essa luz tão brilhante
 That once burned so bright in me
Que uma vez ja brilhou dentro de mim
 Is this a radical phase
É uma fase radical ?
 A problematical age
Uma idade problemática?
 That keeps me running
Que me mantem a correr
 From all that I used to be
De quem sempre fui?

 Is there a way to return
Ha um jeito de retornar?
 Is there a way to unlearn
Ha um jeito de desaprender
 That carnal knowledge
Esse conhecimento carnal
 That's chipping away at my soul
 I've been gone too long
Tenho ido tão longe
 Will I ever find my way home?
Encontrarei meu caminho pra casa algum dia?

Coro e ponte :

There was a boy who had the faith to move a mountain
Havia um garoto que tinha fé para remover montanhas
 And like a child he would believe without a reason
E como uma criança ele acreditava sempre sem motivo algum
 Without a trace he disappeared into the void and
Sem um aviso ele desapareceu na imensidão
 I've been searching for that missing person
Tenho procurado por essa pessoa desaparecida

 He used to want to try to walk the straight and narrow
Ele costumava a querer tentar andar no caminho reto e estreito
 He had a fire and he could feel it in the marrow
Ele tinha um fogo que não se podia sentir na espinha
 It's been a long time and I haven't seen him lately but
Faz um bom tempo que não tenho visto ele ultimamentente
 I've been searching for that missing person
Tenho procurado por essa pessoa desaparecida


I've been searching 
I've been searching 
Where are you ?
%d blogueiros gostam disto: