12 set

ajcrownofthorns_0

A verdade é que eu nunca sofri por Cristo, nunca passei alguma situação de perseguição e aflição que fosse 100% por amor ao reino dele e nada por mim mesma, pela minha própria tristeza, aflição e perseguição.

Sempre tem a ver comigo, está sempre relacionado com a minha dor, a viver pelo que existe, pelo que eu vejo, por que o que eu não vejo já me está garantido. Então me sinto farta de só viver num mundo com minhas próprias aspirações, desejos, aflições e apenas contextos próprios, tudo muito individual, minhas questões de família e no máximo dificuldade e problemas dos amigos, afinal foi essa vida que ele me deu pra viver, não é?

A gente está sempre lendo hebreus 11 sem se tocar que os aflitos em que Deus tanto encontrou prazer e se gloriou neles, foram os afligidos pelo reino, e não pela vida comum que decidiram levar aqui. As aflições, provocações, açoites, serras e prisões foram por um motivo, o único motivo válido e que faz sentido na verdade. A pomposa frase “Não quero viver para mim mesmo!” toma aqui um outro sentido então. O sentido real. Que seja o meu (e o seu também), e que eu venha um dia ser achada digna de tal, porque nada além disso, nada além de viver por ele pode nos completar e nos satisfazer por completo, já deu de nós mesmos, já deu mim mesma.

“Por essa razão Deus não se envergonha de ser chamado o Deus deles e lhes preparou uma cidade.” Hb11:16 b

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: