Incompleta

25 abr

Um dia eu encontrarei alívio.Terei chegado lá.
E eu serei amiga dos meus amigos que sabem como ser amigos.

Um dia eu estarei em paz.Eu estarei esclarecida.
E eu estarei casada, com filhos e talvez adotados.

Um dia, minha mente irá descansar.E eu conhecerei Deus.
E eu serei aquela que é constante com ele a noite, na escuridão e no dia.

Um dia eu serei segura.Igual as mulheres que eu vejo em seus aniversários de 30 anos.

Um dia, eu falarei livremente.Eu sentirei menos medo e serei menos moderada fora dos poemas.E dos meus escritos e das artes.

Um dia eu estarei curada.E vou reunir meus ferimentos forjando o fim dessa tragi-comédia.

Um dia eu estarei cheia de fé.Eu estarei confiante, desenvolvida, mais autêntica, estabilizada e totalmente inteira.

Sempre me desdobrando. Sempre expandindo.
Sempre aventureira e tortuosa.
Mas nunca realizada.

Eu estive correndo tão suada por toda a minha vida. Urgente por uma linha de chegada.
E eu estive perdendo o encanto todo esse tempo.
Por ser sempre incompleta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: