The amazing spider man (Resenha)

16 jul

Tá que eu esperava uma desgraça maior…desde 2004 tiveram para sentar e traçar um BOM roteiro de qual parte da história do the amazing iriam seguir pra que toda ela se casasse e ficasse coesa, mas nãooooo façamos tudo a toque de caixa!!É claro que Stan lee aprovou porque né $$$ mas com certeza houveram ressalvas que eles decidiram ignorar.

A princípio me senti em  1990 assistindo malhação com aqueles atores diretamente surgidos da oficina de teatro, depois o ator tomou tento e entrou no personagem, até demais….um Peter Parker descolado…nada tímido e introspectivo como sempre foi a mais de 60 anos…mas porque não??Uma nova era de filmes de Comic books….ignorando a dica eterna pra qualquer retardado que vai fazer um filme tendo hq como roteiro: Nunca mexa na roupa e nem na personalidade do herói!!!Mas tudo bem…essa até poderia ter passado não fosse os outros tantos furos.

Foi legal colocarem a Gwen e o Lagarto…mas matarem o pai dela antes dele se tornar amigo do Peter e inventar aquela promessa estúpida antes de morrer não….colocar a Gwen sem ser amiga do Harry Osborn ou se quer colocarem uma aparição dele é um pecado, colocar Tio Ben sem as grandes e inúmeras citações de sabedoria pior, e o que mais me insatisfez foi tirarem a parte profunda da história, a culpa que ele carrega,as responsabilidades, a dúvida de agora ser sobrehumano, o medo pela segurança e saúde da tia,a falta de grana, os conflitos pessoais, os diálogos inteligentes, criativos, e sobretudo existencialistas….carregados das longas frases de efeito que fazem até a gente mesmo refletir toda nossa vida ,péssimo também ele revelar a identidade sem ser em civil war”” esquecendo-se que os fãs sabem das coisas, e a falta de cautela dele em casa e fizeram falta também as piadinhas.

Mas enfim, sobrou liberdade criativa né mas apesar de todas as liberdades tomadas o senhor Marc Webb(que  pra mim era mais produtor musical que diretor de qualquer outra coisa ,que agora estou fussando-o no google sem encontrar muito)  foi bastante competente em tentar manter a origem e essência de um personagem tão categórico (gastando tudo hein? espero ser lida pelos hq-mâniacos e convidada e participar das resenhas do site) e com diversos críticos espalhados mundo afora…  

Apesar de ter metido a ripa eu gostei, esperava um homem aranha inserido no quarteto fantastico como em tantas revistas ou nos vingadores justamente por sair meses antes do filme,oque seria muitooo menos arriscado e um retorno de muito cash $$$ na certa mas ele quis pegar do começo… foi corajoso o rapaz, tirou Tobey maguire e Sam Raimi numa tacada só e com qualidade… a gente reclama porque tem que reclamar mesmo…vem de dentro… mas eu veria de novo, de novo, e de novo,e ele chegando na saraiva.com a gente vai comprar.

😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: