Tá decidido

20 nov

Tá decidido… vou tirar minha Olympus old school da gavetinha que range quando abre..
Um ode as coisas antigas e com mau funcionamento então… ^^
Eu desanimava porque sei que ela realmente não tira boas fotos, mais ainda a noite, mãaaas pra quem
não tem planejamento algum de férias já ha de servir.

Compro um ASA 400 e mando ver…

A NOSTALGIA DA MAQUINA

A Olympus Trip 35 é uma câmera compacta que utiliza filmes de 35 mm e foi introduzida no mercado em 1967 e descontinuada, depois de uma longa escala de produção, em 1984.
O nome “Trip” foi uma referência para o mercado ao qual foi dirigida: pessoas que sempre quiseram uma câmera compacta e funcional para as férias.
Durante os anos 70, foi alvo de uma campanha publicitária apresentada pelo popular fotógrafo britânico David Bailey e com isso, mais de dez milhões de unidades foram vendidas em todo o mundo.
A Trip 35 se trata de um modelo “point and shot”, contando com um poderoso fotômetro que usa célula de selênio, mas somente duas velocidades de disparo programadas.
Em modo “A”, a câmera opera com velocidades de disparo automáticos, podendo chegar até 1/200. Neste modo, a câmera também pode ser usada em sincronia com o flash, possuindo uma variedade de aberturas que variam de f2.8 a f22.
No modo de sincronização com o flash, a velocidade de disparo fica estabelecida em 1/40.
Ela não possui nenhum outro sistema de foco ou outro controle fotográfico, por isso foi tão amada pelos consumidores amadores, que buscavam facilidades na hora de fazer suas fotos, mas sem abrir mão de uma boa qualidade.
Para o flash, a câmera possui um conector “PC Sync” e uma sapata hot shoe para encaixe. É equipada com lentes Zuiko Multi-Coated (para tratamento da imagem recebida – anti-reflexo) de 40mm. A lente é montada sob quatro elementos em três grupos .

ESPECIFICAÇÕES:
Fabricante: Olympus
Pais: Japão
Anos de fabricação: 1967 a 1984
Tipo: Compacta
Tamanho do filme: 35mm
Distância focal: 40 mm
Aberturas: f22, 16, 11, 8, 5.6, 4, 2.8
Velocidades: 1/40 – 1/200

Anexo ai algumas fotos tiradas por ela na época do auge. Algumas mexidas claro, mas mesmo assim achei bem descentes e quase muito boas.. pra mostrar que tudo ou quase tudo depende é do fotografo, ou de quem tira onda  de fotografo.

Imperial Works location

Olympus Trip 35

spring 1995

Olympus Trip 35


Caution

                                         Olympus Trip 35


                                            No parking 

Olympus Trip 35

O videosinho que me motivou a desempoeirar a maquina ou a ter um filho homem na Alêmanha pra ele

poder ter uma vida boa e chegar aos 50 desse jeito!!! ^^

Anúncios

Uma resposta to “Tá decidido”

  1. Laís Bratfisch dezembro 2, 2010 às 5:59 pm #

    Olá!
    Estava navegando por aqui e encontrei seu blog.
    Por coincidência, acabo de ganhar uma Olympus Trip 35 dos meus avós.
    Estou meio por fora de máquinas antigas e gostaria que se possível você me ajudasse.
    Que tipo de filme se usa nessa máquina onde posso comprar? É caro?

    Desde já agradeço 🙂
    Até logo,
    Laís

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: