Cala a boca e lê.

1 jul

Ouve-se tanto sobre a muita falta de educação das novas gerações mas na verdade a grosseria com que o pais tratam os filhos me impressiona mais do que ao contrario.Quem nunca ficou constrangido ao ser convidado para uma refeição em família em que o pai ou a mãe trata os filhos com uma rudeza que se dirigida a qualquer outro simplesmente daria um fim a qualquer amizade? Dogmas, afirmações e suposições de assuntos que os pais não entendem e presumem já terem a resposta, interrupções brutais, arrogantes, negativas e bruscas ,ridicularizações de coisas que os filhos levam a sério ,referências insultosas a amigos, tudo isso responde a pergunta de “Porque eles não param em casa? ” “Porque gostam mais da casa dos outros do que da casa deles?”
Bom… quem não prefere a civilização á Barbárie?

Se você perguntar a qualquer uma dessas pessoas insuportaveis porque elas agem assim em casa elas vão te responder: ” Ah mas a gente vem pra casa para relaxar, nem sempre a gente consegue ter um comportamento perfeito.Se não posso ser eu mesmo em casa onde vou ser?

É claro que não querermos seguir um manual de etiqueta em casa mas existe desse modo uma diferença entre cortesia pública e cortesia doméstica e as duas tem o mesmo princípio de base : NINGUÉM DEVE DAR NENUMA PREFERÊNCIA A SI MESMO!

Quanto mais íntima e informal a situação não necessita haver menos necessidade de cortesia ou então só valem as vitórias retumbantes do maior egoísta presente na casa.Dai o provérbio venha morar comigo e vai saber quem eu sou.
Pode se dizer tudo , com muita liberdade e a afeição unidas em sua melhor forma pois assim não se quer ferir nem magoar, humilhar ou dominar.Você pode chamar sua querida esposa de “porquinha” enquanto ela toma uma sopa, você pode roncar enquanto seu pai conta uma história desinteressante contada por muitas vezes,pode provocar, exortar, chantagear e até zombar mas tudo no tom certo e no momento certo em que não vão ferir e em quem não vai se ferir.Quanto maior a afeição mais infalivelmente se saberá quais os momentos de dizer qualquer coisa ,sem crueldade,sem estupidez, sem egoísmo,com compreensão e com arte.

Os 4 amores..

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: