Meu nome é Gal

3 mar

efsdfsd

 

Eu entrei tranquilamente no ônibus e me sentei.

Na cadeira sentada do outro lado tinha uma menininha gracinha que virou de lado e ficou me olhando.

Eu também olharia se visse alguém com mp3 rosa ouvindo algo que parecia ser Wanessa Camargo, super atrasada pra aula e com flores enormes tacadas no braço.

Ela virou de lado e encostou as costas na mãe e ficou olhando pro meu lado muito mas muito discretamente , dei uns jóia para ela para  inturmar mas não tiveram efeito para fazer ela esquecer da mãe martelando sempre na cabeça dela:Nunca fale com estranhos!

 

Ela era um algodãozinho,um filete, uma ferpa de criança, se caísse no chão pisariam sem ver, não aquele tipo comum de criança magrinha mas era minúscula mesmo e tinha um cabelão cheio de cachos que a mãe fez uma trança que parecia tão pesada que iria quebrar a cabeça do ser e ela sorria tão bonito , uma espécie de sorriso que me lembra o meu só que bonito,sorriso bem cara de taxo, nada de glamouroso ou perceptível, aquele que não chama nenhuma atenção mas é bonitinho e você nunca sabe o que está por trás e se ele é real.

Parecia a Gal Costa muito magra, bem magra mesmo , dai Gal Costa ficou ali olhando e comendo biscoito uns 20 minutos até eu esquecer dela e lembrar de novo e pensar no que o mundo tem a oferecer pra Gal costa mirim ,que é um super pensamento clichê mas eu não podia deixar de imaginar se no mundo que a gente vai deixar pra ela a mãe dela a havia criado tão graciosamente para um primo ou tio ou irmão a abusar sexualmente sem ninguém jamais saber , se ela alêm de perder parte do referencial de confiança poderia fazer amizades despretensiosamente sem se preocupar se as amigas querem sua amizade ou quem sabe “comer” ela e se ela se interessasse por um amigo sabe- se lá se ele se enteressaria por ela ou por outro amigo , ou se todos se interessariam por todos e por animais também,  se ela morreria esturricada pelo calor e se aos 30 anos  as calotas polares ainda existiriam  , será que ela conseguiria se manter intacta até chegar “ o cara” ou chegaria a ele tão inevitavelmente fudida e aos cacos que não perceberia que é ele e não sobraria pedaços dela para se relacionar ?

Será que ela ainda vai conseguir andar de ônibus ou se tornará muito mais viável comprar um carro ?E se ela não puder comprar um carro e não conseguir mais andar de ônibus ?

A mãe dela sendo classe média será que ela consegue evoluir pra média alta ou não, vai despencar para a pobreza ?

O irmão dela será que vai conseguir estudar ou vai virar pedreiro?

Será que ela vai virar modelo e cheirar todas e beber todas causar nos fotologues ,ser falada na savassi e se perder de tudo e achar  fodástico?

Aos 17 será que ele vai perder a capacidade de conversar coisas normais e perder as coisas em comum e perder a amizade com a mãe ?

Será que ela conseguiria ser feliz assim?

 

Se não assim,será que ela vai conseguir ser feliz?

Eu não sei!!

E de qualquer forma não da pra saber.

Mas gosto de acreditar que sim!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: