Eu tenho um plano

29 jan

2_pride_051019100642358_wideweb__300x37511

 

“Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final…
Se insistimos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria, e o sentido das outras etapas que precisam ser vividas …”

Plano A :

Fazer meu curso de enfermagem depois antropologia depois ciências políticas depois grego moderno.
Vou também fazer aulas de violão e francês.Até o fim!
Sem esquecer que vou ter tambem um marido e um filho homem e mais tarde uma garota adotada… uma familia… de forma bem convencional.
O meu espiritual haverá um meio termo,a coisa vai seguir seu fluxo… continuarei sendo mau interpretada por alguns ,deliciosamente herege ,mas sempre segura comigo mesma de que é esse o caminho e é essa a direção, firme e segura(não como agora) e que mesmo com essa teologia libertária terei em mente que nunca devo atravessar a fina camada, a estreita linha que leva para o outro lado, o que torna a religião um pano de fundo.. em segundo plano e que o mais importante são meus prazeres minhas bebidas,meu rock,minha vida de glamour popularidade e como sou sensual mi mi mi fala com a minha mão.

Doravantes a gente da tudo que pode e as vezes não consegue segue anexo então o segundo plano, que não é o mais cotado por mim e nem será pela sociedade mas ao fexar os olhos é oque mais me vejo encaixada e mais soa a mim mesma…

Plano B:

Fazer os cursos citados no plano oficial mas adicionando outras coisas ,quero exercer um pouco de cada profissão e tambem escrever livros, livros que eu mesma adoraria ler.
Apos me cansar um pouco de toda essa ferveção , lá para os 35 essa coisa de “ficar” para suprir minhas carências afetivas não mais me satisfaria então eu iria arrumar um cara muito nada a ver que eu jamais em hipoteze alguma viesse a amar e que ele por mais que se passem anos nunca me procuraria novamente e engravidar dele.
Após a gravidez eu ia tomar rumo e me dedicar a uma só profissão.
Dae eu ia pro sudão ou lugar semelhante para prestar serviços médicos voluntários em troca de teto e comida para mim e fred(filho ilegitimo) obviamente iria com o tempo adotando as crianças que eu mais me apegasse e colocaria um por semana pra falar ao telefone com os avós do brasil, crentes super tradicionais que com o passar dos anos perdoariam a filha desvinculada da sociedade que teve filhos de forma pecaminosa.
O unico furo do plano b é que sudão é quente,quente,quente… não gosto!!

27/06/08

Fernanda Macedo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: